terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

OS POPULISTAS E NACIONALISTAS

OS POPULISTAS E NACIONALISTAS
Jean-Marie Le Pen e Donald Trump, numa perspectiva portuguesa esquerdistas e até social democrata são populistas.
Um Presidente que distribui abraços, cumprimentos, beijocas, a torto e a direito, pelas ruas das cidades e aldeias e almoça na residência particular de alguns não é populista.
Os partidos com assento parlamentar que não pagam impostos sobre imóveis, que tem reformas vitalícias, que recebem milhões para a manutenção dos seus partidos e actos eleitorais, que supostamente lutam pelos interesses dos trabalhadores, dos utentes dos transportes urbanos, pela saúde dos seus concidadãos, mas que esquecem o direito à justiça, não se importam com os direitos das crianças, não encetam nem exigem medidas contra as burlas dos banqueiros, dos contratos publico/privados, das instituições publicas de solidariedade social, nem contra as fundações que sobrecarregam os contribuintes de impostos, não são populistas.
Na mesma linha temos os Nacionalistas.
Não são nacionalistas os que se manifestam publica e organizadamente, empunhado a bandeira do seu País ao som do hino nacional, só porque esse País foi campeão de futebol.
Alguém entende?