quinta-feira, 15 de setembro de 2016

IMPORTÂNCIA/IGNORAR - O QUE É OU NÃO IMPORTANTE.

IMPORTÂNCIA/IGNORAR
SER OU NÃO SER IMPORTANTE
Conversando com o Rodrigo sobre o significado da “importância” que determinada pessoa tem ou não, concluímos.
A importância que alguém nos merece pode ser gratificante.
A indiferença, ou seja, a “não importância” traduz de per si que esse alguém é importante, pois caso contrário não nos era indiferente ou não importante.
Ambos concluímos que o melhor exemplo, é o caso do individuo que se diz agnóstico ou ateu, que se opõem à existência de Deus.
O simples facto de oposição admite implicitamente uma existência.
Do raciocino de ambos resulta ainda que indiferença é bem diferente de ignorar.
Ignoramos o que desconhecemos em absoluto porque não se encontra registado na nossa mente.
A indiferença ou a não importância aplica-se sempre a algo ou alguém que a nossa mente anteriormente registou como agradável ou desagradável, com amor ou ódio, prazer ou sofrimento.
Apesar de toda a indiferença que nos possa merecer, nunca ignoramos quem foi importante para nós.