sexta-feira, 19 de agosto de 2016

O MENINO DE ALEPO E O ADOLESCENTE DE PONTE DE SOR


O MENINO DE ALEPO E O ADOLESCENTE DE PONTE DE SOR
Presume-se que os milhões de humanos que habitam o nosso planeta conhecem que ALEPO se situa na Síria, onde existe uma guerra civil, onde diariamente morrem centenas de pessoas em consequência dos bombardeamentos.
A imagem chocante do menino de ALEPO, ferido em consequência dos bombardeamentos, foi notícias na imprensa diária, nas redes sociais, nos canais de televisão dispersos por todo o mundo.
A questão é que as bombas não tem nome, quem as lança cumpre ordens militares superiores, o seu autor não é identificado e por tais motivos nunca será responsabilizado pelas mortes e feridos. È uma questão política e os efeitos “colaterais” de uma guerra.
O Mundo e os seus habitantes desconhecem onde se localiza PONTE DO SOR, presumo até que muitos portugueses nunca lá foram nem sabem onde é.
PONTE DO SOR fica no ALENTEJO – SUL DE PORTUGAL .
Em PONTE DO SOR reside um adolescente de 15 anos, de seu nome RUBEN CAVACO, que foi violentamente agredido por dois IRAQUIANOS, irmãos gémeos, de 17 anos de idade, que frequentam uma escola de pilotos de aviação, filhos do senhor SAAD MOHAMMED, distinto EMBAIXADOR DO IRAQUE em Portugal.
RUBEN CAVACO, encontra-se internado num hospital de Lisboa, com múltiplos traumatismos cranianos, em coma induzido, em consequência das agressões de que foi vitima, onde se inclui o ter sido trucidado pelo veículo diplomático conduzido pelos filhos do senhor embaixador.
A Policia Portuguesa deteve os suspeitos do crime, que foram de imediato libertados por GOZAREM DE IMUNIDADE DIPLOMÁTICA, segundo as condicionantes impostas pela Convenção de Viena, dizem os entendidos nestas “merdas.”
Torna-se publico que a um qualquer energúmeno devidamente identificado, que goze de imunidade diplomática, é-lhe conferida, impunemente,   a pratica de homicídio ainda que na forma tentada.
As fotos de RUBEN agredido não foram publicadas nos jornais, o caso não mereceu a atenção da comunicação social mundial, dos telejornais, nem das redes sociais.
A questão é saber-se:
-------------------Um “terrorista” com passaporte diplomático pode, segundo a Convenção de Viena, fazer explodir uma qualquer estação do metropolitano em qualquer parte do Planeta?
--------------------E se o RUBEN fosse filho de um diplomata do governo Português, de um membro do governo, de um deputado da Assembleia da República Portuguesa, ou neto do Exmo. Senhor Presidente da República?
E SE O RUBEN CAVACO FOSSE FILHO DE UM DE NÓS?
Certamente que os gémeos, filhos do senhor embaixador do IRAQUE, já não se encontram em Portugal.
O MUNDO É UM LOCAL PERIGOSO PARA SE VIVER.