quarta-feira, 17 de agosto de 2016

A BIPOLARIDADE, AUSÊNCIA DE SENTIMENTOS AFECTIVOS E A PROMISCUIDADE SEXUAL


A BIPOLARIDADE, AUSÊNCIA DE SENTIMENTOS AFECTIVOS E A PROMISCUIDADE SEXUAL
FICÇÃO
Há cerca de três anos, o senhor Silva casado e pai, conheceu, a Beta, no seu local de trabalho.
Beta era uma desempregada que o senhor Silva introduziu na residência do casal e com a qual manteve relações amorosas, na presença da sua filha, enquanto a sua esposa se encontrava ausente por razões laborais.
O senhor Silva contava que Beta recebia subsidio de desemprego, mas que trabalhava no “escuro”, referindo-se a evasão fiscal, que aliciava jovens para se exibirem em posições eróticas perante o skype, das quais fazia fotos e vídeos que depois vendia no mercado negro.  
“Amigos” no FB, deixaram de o ser porque o senhor Silva foi descoberto e Beta também tinha assumido uma relação.
Decorridos dois anos, voltaram a contactar-se através de FB, onde ele descrevia as suas aventuras amorosas e mais uma vez, traindo a sua companheira, lhe proponha um orgasmo.
Conversando através do mensageiro, Beta dizia ao senhor Silva que não admitia que a companheira dele se metesse no “assunto” caso contrário lhe dava uma tareia.
Tanto quanto se sabe, Beta rejeitou o convite porque não compareceu ao encontro que teria lugar na residência dos seus pais.
Desta forma voltaram a desfazer a “amizade” que existia no FB.
Não sendo surpresa, recentemente voltaram a “reconstruir a amizade.”
Entretanto o senhor Silva já conta dez “escapadelas” no seu curriculum, só no espaço de oito meses. É obra!!!
Nesta história, o que mais seduz é o facto da Beta aparecer tocando ou simulando tocar guitarra eléctrica, o senhor Silva adorar gatos, pintar, cortar o cabelo e alterar diariamente a sua foto de perfil na expectativa de novos likes apostos sempre pelos mesmos imbecis.
A tristeza desta história é que o senhor Silva é um doente mental em tratamento a requer internamento, restando seriamente saber-se se Beta também não o será.