terça-feira, 21 de junho de 2016

O USURPADOR

O USURPADOR
Usurpador é aquele que usando a violência ou artifício engana, burla, falsifica, toma posse, apodera-se fraudulenta e furtivamente de cargos indevidos, que exercita indevidamente uma função, ou subtraía bens que não lhe pertence.
É assim na vida política, nos cargos públicos, na vida econômica, na vida social, na vida acadêmica, na vida profissional, nas medicinas alternativas, e imagina-se nas relações interpessoais.
O usurpado tem duas soluções:
- Combater o usurpador com todos os meios à sua disposição, preparando-se para a”guerra” que obrigatoriamente terá de travar.
- Acobarda-se, “foge à luta”, alia-se ao usurpador e vai “vivendo a sua vidinha” enquanto o usurpador subsistir, correndo o risco de “cair” conjuntamente com o usurpador.
Combater o usurpador liberta a mente, trás equilíbrio psíquico, é próprio dos fortes e destemidos.
É na luta contra a usurpação que descansam os guerreiros e os heróis.
Da história das Nações não consta cobardes, mas os que se distinguiram pela sua valentia.