quinta-feira, 24 de março de 2016

OS TERRORISTAS UTILIZAM AS REDES SOCIAIS PARA A CAPTAÇÃO DE ADERENTES

AS REDES SOCIAIS SÃO MEIOS POTENCIAIS UTILIZADOS PELOS TERRORISTAS PARA CAPTAR ADERENTES. 
AS POLICIAS TEM A OBRIGAÇÃO DE ESTAR ATENTAS AS ESTES FENÔMENOS. 
Frequentemente denuncio a existência de “terroristas” que utilizam as redes sociais, Facebook e Linkedin, para captar aderentes.
Postam fotos atraentes, mas falsas, omitem dados pessoais como habilitações, família, estado civil, idade, origem, actividade profissional e os “amigos.”
Grave é quando os utilizadores das redes aceitam estes indivíduos como seus “amigos” facultando-lhes os seus dados pessoais e de quem os rodeia.
Quando tal acontece as vitimas devem informar de imediato as entidades policiais competentes identificando o autor e aceitador do pedido de amizade.
Eis um deles.
Este individuo cuja foto não corresponde à verdade, é originário da Costa do Marfim, onde esteve no dia 15 de Março, refere que reside em Lille, diz que tem 52 anos, professa o Islão, utiliza  multiplas identidades falsas e está relacionado com actividades criminosas.

Descobri que tem 12 contactos "amigos" em Portugal que facultarei às entidades competentes.
Vejam a última página do Jornal de Noticias do dia 23 de Março.