quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

A PORTUGAL TELECOM - O SR. ZEINAL BAVA, O SR. HENRIQUE GRANADEIRO E O SR. RICARDO SALGADO.

O Sr. Zeinal Bava e o Sr. Henrique Granadeiro foram administradores da Portugal Telecom.
Naquela qualidade aplicaram 897 milhões de euros, em "papel" da Rio Forte, empresa do grupo Banco Espírito Santo, ou seja, do senhor Ricardo Salgado.
Como é do conhecimento Público o Banco Espírito Santo - BES - faliu e arrastou para a falência não só muitas empresas como e também pequenos accionistas.
Entretanto o Sr. Zeinal Bava e o Sr. Henrique Granadeiro demitiram-se ou foram demitidos mas com vencimentos e indemnizações "chorudas."
Só em 2010 receberam seis milhões de euros em prémios.
Pior ainda é que o Sr. Zeinal Bava foi condecorado pelo Sr. Presidente da Republica Portuguesa.
Entretanto o senhor Passos Coelho penaliza cada vez mais os sues concidadãos com impostos.
Agora é a Fiscalidade Verde e a obrigação de se apresentarem inventários dos STOK, que fará aumentar as receitas fiscais, dizem "eles."
Receitas fiscais que depois são distribuídas pelos Bavas, Granadeiros, Arlindos, Paulos, Isaltinos, Fátimas, Oliveiras, Jardins, Valentins, Silvas, Ricardos, Duartes, Motas, Filipes, Loureiros, Relvas, citando só os mais mediáticos, num nunca mais acabar e todos eles "amigos" do Partido Social Democrata ou dos Socialistas.
Vangloriam-se de "arrecadar" mais impostos e no entretanto provocam a falência das empresas e atiram milhares de famílias, mulheres e crianças, para o desemprego, fome e miséria.
Em Portugal os corruptos, falsificadores, burlões, vigaristas, recebem prémios e até são condecorados por "feitos gloriosos" à Pátria.
Cita-se o ex.Presidente da Republica Dr. Mário Soares: - EM PORTUGAL NÃO HÁ JUSTIÇA.
O "povo" num masoquismo atroz pouco se importa e até parece que gosta.