terça-feira, 27 de maio de 2014

JUÍZES PORTUGUESES CLASSIFICADOS DE MEDÍOCRES E INSUFICIENTES

JUÍZES PORTUGUESES CLASSIFICADOS DE MEDÍOCRES E INSUFICIENTES

O Conselho Superior da Magistratura, fez publicar num Jornal Diário de Portugal (JN) que num Universo de 379 juízes, 23 (VINTE E TRÊS) foram classificados com insuficiente e 4 (QUATRO) como medíocres.
Segundo o gráfico, ora publicado e emitido por um organismo oficial, observa-se que em 2012, o numero de juízes existentes em Portugal era de 1803.
Se em 379 juízes 23 são classificados de insuficientes, em 1803 serão 104.
Se em 379 juízes 04 são classificados de medíocres, em 1803, serão 18
Isto quer dizer que um cidadão português tem cerca de 8% de ser julgado por um juiz insuficientemente preparado ou até por um medíocre. 
Aos juízes é conferida a decisão segundo a sua livre convicção.
Na livre convicção o "arguido" pode ser condenado ainda que não existam provas de ter cometido o ilícito e até pode estar inocente que é na mesma condenado.
Analise-se o que acontecerá se um "arguido" inocente se for julgado por um juiz mal preparado ou medíocre que lá do alto da sua convicção o condena.
Dizem eles, mais elas, os juízes que abaixo de Deus só eles ou elas, o que é de difícil compreensão.
Nem todos somos crentes mas mesmo os que não são pensarão que Deus não é bom, suficiente, insuficiente ou medíocre. 
Tanto quanto se sabe e crê Deus é Muito BOM.
Só agora entendi porque razão um juiz disse que determinado "arguido" era muito inteligente.
Das duas, uma: Ou o homem era mesmo muito inteligente, que modéstia à parte, não o era e até era suspeito se o fosse, ou então o juiz era um insuficiente ou medíocre.
Sendo que a avaliação dos juízes portugueses é feita por juízes a avaliação é suspeita por não isenta e por corporativista.
Em todo o caso é ASSUSTADOR saber-se que podemos ser julgados por insuficientes e medíocres.
Mais grave ainda é que se um cidadão for condenado inocentemente por um insuficiente ou medíocre, a esse insuficiente ou medíocre nada acontece porque os juízes portugueses não são responsabilizados pelos seus actos e é por isso que existem muitos inocentes detidos.
Dizem eles que Portugal é um bom País para se viver.
De facto é mas nunca se metam com a justiça à portuguesa quer seja na qualidade de ofendidos e muito menos como "arguidos"