sábado, 13 de julho de 2013

SER PORTUGUÊS É

Hoje foi-me presente uma descrição cômica sobre o ser-se Português que no meu entender carateriza bem o Povo do qual infelizmente faço parte e a qual não me inibo de transcrever.
Diz assim:
SER PORTUGUÊS É:
  1. Levar arroz de frango de cabidela para a praia.
  2. Guardar cuecas velhas para limpar o carro.
  3. Enfeitar as estantes da sala com prendas de casamento.
  4. Utilizar os máximos dos faróis do carro para avisar os outros automobilistas da proximidade da policia.
  5. Exigir ser tratado por Doutor (DOC) mesmo sendo analfabeto (Exemplo: O Relvas e Sócrates).
  6. Passar os Domingos e feriados a passear nos Centros Comerciais.
  7. Retirar cera dos ouvidos com a chave do carro ou com a tampa das canetas de preferência da BIC.
  8. Ver diariamente oito ou mais telenovelas brasileiras na televisão.
  9. Batizar os filhos, obrigá-los a ir à catequese mesmo não sendo católicos ou frequentar a Igreja.
  10. Casar pela igreja católica ao sim da marcha nupcíal não sendo católico nem entendendo nada de música.
  11. Não ser racista mas "odiar" os ciganos.
  12. Admitir piadas dos brasileiros sobre os portugueses e só dizer piadas sobre os alentejanos.
  13. Conduzir sempre pela facha da esquerda ainda que em Portugal seja obrigatório conduzir pela facha da direita.
  14. Ter no minimo três telemóveis de redes diferentes.
  15. Deixar as telenovelas a gravar.
  16. Ter uma tendência mórbida, porque é chique, para passar férias no Algarve.
  17. Dizer "prontos" no fim de cada frase.
  18. Cuspir para o chão.
  19. Buzinar dar sinais de luzes e fazer gestos obscenos contra os condutores que seguem na sua frente.
  20. Urinar em qualquer canto da via publica.